Emoções descontroladas, ações impulsivas

 emocaoO brasileiro é emocional. E disso ninguém duvida.

Choramos quando vemos alguém chorar, e vibramos com pequenas e grandes coisas, como esportes, carnaval, conseguir fazer uma receita gostosa, obter sucesso em alguma coisa que estávamos tentando há tempos, etc.

Mas, embora a emoção positiva possa ser detonada por sentimentos positivos e amorosos, algumas vezes ela nos invade perigosamente quando alguns sentimentos negativos estão presentes. E aí é que mora o perigo!

Há quem louve a emoção exacerbada como sendo necessária a uma vida plena. Como quem diz que precisa estar sempre com a adrenalina em alta para se sentir vivo e motivado. Ou quem diz que sem emoções fortes e com alguns conflitos ocasionais, a vida fica chata. Mas isso seria mesmo positivo e necessário para se sentir vibrante e feliz?

Normalmente a emoção é a responsável pela confusão dos sentimentos ao ponto de modificar nosso comportamento e conturbar nossas ações. Ações fortemente emocionadas raramente são ações positivas!

Emoção = Substantivo que significa um impulso neural que move o organismo para a ação.

Certo, mas não significa que será sempre uma ação positiva. Significa ação. Seja ela instintiva, calma, pensada ou impulsiva, e dependendo da emoção, pode ser uma ação intempestiva, conturbada e até destrutiva.

A emoção tem sido assunto de meus livros, cursos e palestras, pois  todos os problemas que podemos gerar em nossos relacionamentos e em nossa vida, passam antes pelo nosso estado emocional conturbado.

Como age a emoção:

No quadro abaixo, podemos entender a sequência de funcionamento do impulso neural (caminho de comunicação entre os neurônios em nosso cérebro), até se transformar em ação.

Observe que a ação instintiva de correr ou lutar, de se proteger, como quando temos um reflexo rápido, está “programada” em nosso cérebro para que possamos reagir rapidamente e proteger nossa vida. Até aí, tudo ótimo! Porem, se existirem mensagens negativas em nosso inconsciente, a nossa reação a um evento poderá ser emocionalmente conturbada, fazendo com que tenhamos atitudes negativas, tomando decisões desastrosas.

Por exemplo:
Digamos que uma pessoa que tenha seu instinto de preservação sem mensagens inconscientes negativas, vai atravessar uma rua rapidamente e vê de relance um ciclista vindo em sua direção com velocidade. Ela vai reagir rapidamente saindo da rota de colisão. Depois de passado o susto é que poderá tremer e ter taquicardia devido ao susto. Mas na hora, age instintivamente e se salva.

Agora, digamos que uma pessoa passe pela mesma situação, mas tem mensagens inconscientes de medo, de que é lenta, incapaz ou outra coisa negativa semelhante. Muito provavelmente essa pessoa paralisará e não reagirá a tempo de evitar o desastre. O medo a paralisa e impede que seus instintos a salvem.

E o mesmo mecanismo age quando se trata de emoções e relacionamentos.

Por exemplo:

Digamos que uma pessoa tenha uma forte mensagem inconsciente que diz que – “os relacionamentos nos fazem sofrer!”. Isso basta para que essa pessoa fuja dos relacionamentos, mesmo sem querer. Ela pode boicotar seus relacionamentos de diversas formas, agindo instintiva e inconscientemente.

E é assim que muitas coisas são ditas desastrosamente, em momentos de forte emoção e que podem marcar negativamente e para sempre, um relacionamento. As mensagens inconscientes “vazam”, conturbando os nossos sentimentos. E sobre forte emoção, podemos dizer ou fazer coisas que não faríamos se pudéssemos ter raciocinado previamente. Mas assim são as emoções. Elas nos pegam de assalto, sem aviso prévio.

Precisamos aprender a lidar com as nossas emoções, pois nem sempre tudo são flores em nosso dia a dia e frustrações acontecem.

Caso perceba que suas emoções andam fugindo do seu controle, busque ajuda para descobrir quais podem ser as mensagens negativas inconscientes que possam estar “vazando” para o seu comportamento e tirando a sua paz.

Afinal, nem todos os dias serão de vitórias e teremos que lidar com algumas frustrações ocasionalmente. Mas, certamente, todos os dias sempre serão de aprendizados! E aprender nem sempre precisa ser sofrido, não é mesmo?

Com carinho,

Vera Calvet

Mais textos em: http://www.rashuah.com.br/textos_de_autoconhecimento.html

.

Anúncios

Uma resposta em “Emoções descontroladas, ações impulsivas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s