Uma história de estresse versus atitude

carecaHoje recebi um e-mail muito oportuno de um aluno, pois como tudo o que acontece em nossas vidas, nada é por acaso.

Eu havia terminado um texto a respeito do estresse e finalizei a ultima frase com a palavra “atitude”.

Quando abri o referido e-mail, havia um trecho com uma curta história a respeito de positivismo e atitude. Não havia informações quanto ao autor do texto, mas sem dúvida traduz a palavra atitude com maestria e vou contá-la agora para vocês:

Um homem que estava ficando completamente calvo, um dia acordou pela manhã, olhou no espelho e percebeu que tinham lhe restado apenas três fios de cabelo no alto da cabeça.

Bom – ele disse – acho que vou colocar um gel e pentear meus cabelos para trás hoje. Assim fez e teve um dia maravilhoso!

No dia seguinte, ele acordou, olhou no espelho e viu que tinha somente dois fios no alto da cabeça.

Humm… – disse ele – acho que vou repartir meus cabelos no meio hoje. Assim fez, e teve um dia magnífico!

No dia seguinte ele acordou, olhou no espelho e percebeu que tinha apenas um fio de cabelo no alto da cabeça.

Bem – ele disse – hoje vou jogar meu cabelo para a direita. Assim fez, e teve um dia divertido!

No dia seguinte ele acordou, olhou no espelho e percebeu que não havia um único fio de cabelo no alto da cabeça.

Beleza! – exclamou – não tenho que pentear meus cabelos hoje!

E assim, teve mais um dia feliz!

ATITUDE POSITIVA É TUDO!

Claro que essa pequena história exagera situações, mas ilustra perfeitamente a forma de encarar os eventos quando se trata de uma pessoa que toma atitudes positivas diante do inevitável.

O estresse é uma consequência na vida de quem tenta controlar inutilmente o inevitável e por isso, sofre a pressão constante da frustração em sua vida.

O estresse não é propriamente uma doença, e sim, um estado do organismo quando submetido ao esforço e à tensão. Numa situação estressante, o corpo sofre reações químicas normais que preparam o organismo para enfrentar a situação. O prejuízo, entretanto, acontece quando as situações estressantes são contínuas e o organismo começa a sofrer com as constantes reações químicas que se sucedem, sem que haja tempo para a eliminação dessas substâncias e sem o tempo necessário para o descanso e recuperação física e emocional.

Exatamente por não ser uma doença propriamente, os sintomas do estresse são indefinidos e ao mesmo tempo abrangentes. Podem ir desde uma dor de cabeça, distúrbios do sono, irritabilidade, cansaço, dificuldade de concentração ou tensão muscular, a dificuldades respiratórias, dificuldade de memória, problemas digestivos, pressão alta, problemas cardíacos, e até mesmo distúrbios psíquicos como síndromes, depressão e pânico.

Entre as inúmeras causas emocionais do estresse no ambiente de trabalho e na vida pessoal, podemos citar basicamente três principais: Alto padrão de exigência pessoal, medo e frustração.

O tipo de vida que nos autoimpomos, onde pensamos ser necessário obter muito mais recursos financeiros do que realmente necessitamos, nos exige mais esforço para cumprir o padrão estabelecido e nos coloca diante de conflitos na vida profissional, onde há cada vez mais competição e menos espaço.

Esse mesmo alto padrão profissional é estabelecido também para diversos setores de nossas vidas, pois existem padrões estéticos onde a beleza física é um padrão irreal, que existe apenas nas revistas e passarelas.

Existem também inúmeros padrões para os comportamentos, pensamentos e sentimentos, onde são estabelecidos padrões para o desempenho ideal dos pais com os filhos, de filhos com os pais, padrões para as amizades, para os relacionamentos amorosos, enfim, temos padrões e caixinhas fechadas em todos os setores de nossas vidas, onde nos obrigamos a nos encaixar de uma forma ou de outra.

Tente ao menos pensar a respeito, sentir se você realmente concorda e aceita entrar e viver dentro dessas caixinhas apertadas?

Procure investigar a verdade de seus sentimentos e desejos!

É realmente impossível viver sem o carro do ano? Você trabalha no que realmente gosta e tem talento? Você não acha que pode ser amado pelo que é em vez de ser amado pela sua aparência? Quem é você? No que deixou os padrões transformarem a sua vida?

Não adianta reclamar que o patrão, a empresa, a esposa, os filhos, o marido, não conseguem te enxergar, se na verdade nem você mesmo se conhece o suficiente para mostrar a eles quem é!

Pare! Dê um tempo para se descobrir e perceber que pessoa maravilhosa você é!

Autoconhecimento. Não há como viver feliz e realizado sem ele, pois não há como você viver sem que conheça quem está realmente vivendo a vida que diz ser sua! Quem vive sua vida? Você ou um padrão, um personagem?

Estamos todos diante do enigma da grande esfinge: Decifre-me ou eu te devorarei!

E a esfinge, somos nós!

A esfinge é você!

Decifre a si mesmo, ou poderá ser devorado pelo personagem que criou sem perceber!

Você não acha que merece?

Pois saiba que só existe uma cura para o estresse: Atitude positiva e verdadeira!

Não adianta que a medicina esteja avançada e preparada para lidar com os distúrbios ligados ao estresse, não adianta se o Instituto Ráshuah trabalha também nesse sentido desde a sua fundação, pois o início e o fim de tudo isso, repousa e depende de sua atitude.

Tenha uma atitude mais positiva em relação a si e a sua vida!

Pare de exigir tanto de você e dos outros!
Procure relaxar e brincar mais com os eventos inevitáveis, a exemplo do homem de nossa história!

Aprenda a relaxar para aprender como lidar com o estresse, pois o mundo pode não mudar, mas sua atitude perante o mundo pode mudar e muito!

Fique em paz, no amor e na divina perfeição que somos todos nós!

Com muito carinho,

Vera Calvet
 
Mais textos em: http://www.rashuah.com.br/textos_de_autoconhecimento.html
Esse assunto é amplamente discutido no livro que vem acompanhado de um cd de relaxamento narrado – Estresse no trabalho e na vida pessoal – que você encontra na página:  Livros e CDs Ráshuah

.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s